ENELIN 2017 - Linguagem, Instituições e Práticas Sociais

CONHEÇA POUSO ALEGRE E REGIÃO

   por Tamyres Silva e Lidia Noronha

NA MANTIQUEIRA

Por entre as ameias da cordilheira
dormida,
a lua se esgueira,
como um lótus branco
na serra de dorso de um crocodilo,
brincando de esconder.

Dá para o alto um arranco,
repentino,
de balão sem lastro.
E sobe, mais clara que as outras luas,
quase um sol frio,
redonda, esvaindo-se, derramando,
esfarelando luz pelos rasgões, do bojo
farpeado nas pontas da montanha.

 

JOÃO GUIMARÃES ROSA

O sul de Minas Gerais se destaca quando o assunto é turismo. As cidades da região de Pouso Alegre recebem turistas durante o ano inteiro. São conhecidas pelo comércio de produtos locais e tradicionais, além dos belos lugares e atividades junto à natureza. Não podemos esquecer também das deliciosas comidas típicas mineiras que encantam a todos os turistas e deixam sempre um gostinho de quero mais. Aproveite sua temporada conosco e conheça nossa região!

Pouso Alegre: polo comercial, estudantil e referência em saúde!


Hoje, Pouso Alegre é destaque no sul de Minas por receber moradores de toda a região que utilizam serviços de saúde, trabalham nas empresas e estudam nas faculdades e Universidade. Além disso, a cidade recebe, cotidianamente, inúmeros turistas. Na sua passagem por Pouso Alegre, não deixe de visitar o Mercado Municipal e saborear deliciosos doces e queijos mineiros! Aproveite também para provar o pastel de farinha de milho, tradicional iguaria da cidade, que você encontra em várias barraquinhas no centro, fritos na hora.

Estiva – A terra do morango!
 

A “Terra do Morango”, conhecida assim por ser a maior produtora da fruta no sul do Estado mineiro, integra o Circuito das Serras Verdes junto a outros 21 municípios da região. Muito acolhedora, é terra da produção de muitas delícias. Além dos morangos e da variedade de pratos que você já encontra às margens da Rodovia Fernão Dias, perto das plantações, é possível conhecer uma infinidade de doces e queijos produzidos na cidade.

Bom Repouso, sob a proteção de Nossa Senhora das Graças


A aconchegante cidade de Bom Repouso, ponto de peregrinação, recebe cerca de 40 mil fiéis todos os anos. A imagem de Nossa Senhora das Graças, com 20 metros de altura, fica ao lado de um santuário. Ela foi construída em 2001 e é uma das maiores imagens da santa no Brasil.

Cambuí e o delicioso tour gastronômico nas mais lindas paisagens!


Cambuí é ponto de parada obrigatória. Situada às margens da Rodovia Fernão Dias, a cidade possui fábricas de produtos lácteos das mais variadas qualidades: queijos tradicionais e recheados, doce de leite de todos os tipos, biscoitos e muito mais! Quer comprar produtos mineiros, orgânicos e variados? Cambuí é sua parada! Outra iguaria tradicional da cidade é o virado de banana. Quando for, não deixe de experimentar.

Córrego do Bom Jesus: fé, montanhas e aconchego...


Sagrada como Cidade Santuário em 1911, é a meta de peregrinação mais importante da região, recebendo milhares de devotos anualmente, em especial, para festa do Padroeiro Senhor Bom Jesus. Conhecida pela excepcional beleza de suas paisagens caracterizada pelo verde de suas montanhas, muitas nascentes e cachoeiras, matas fechadas e belíssimas vistas panorâmicas dos vales circundantes, a cidade recebe turistas em procura de repouso e tranquilidade, certos de que lá estarão em contato com uma exuberante natureza preservada. O turismo gastronômico é muito difundido no local, forte na produção de doces variados, quitandas, queijos e linguiças caseiras, além do tradicional Leitão à Pururuca!

Fonte: Leitão à pururuca – Arquivo Pessoal – Gislaine Marcondes.

Gonçalves e todos os tipos de turismo!


A cidade de Gonçalves possui inúmeras opções de lazer para seu visitante, com destaque para os seguimentos de turismo ecológico, turismo de aventura, turismo romântico e turismo gastronômico. Cachoeiras, picos e falésias, aventuras, gastronomia, arte e artesanato! A pequena cidade da Mantiqueira é aconchegante e muito bonita. No inverno, especialmente, você poderá desfrutar de toda tranquilidade e paz, em meio à belas paisagens.

Jacutinga e Monte Sião no Circuito das Malhas!


A região do Circuito das Malhas possui clima agradável e está cercada por belas montanhas azuladas, característica das Minas Gerais. Situadas no extremo sul do Estado, as cidades de Jacutinga e Monte Sião são as mais expressivas quando se fala em malharias e turismo de compras e estão, aproximadamente, a 70 km de Pouso Alegre. 
Monte Sião também se destaca pelas famosas porcelanas azul e branco.

Borda da Mata – A Capital Nacional do Pijama!


Borda da Mata é uma agradável cidade que fica a 25 km de Pouso Alegre. A indústria local é têxtil, sendo reconhecida pela fabricação de pijamas e cortinas com preços acessíveis. Vale a pena também passear pela praça da cidade e conhecer a igreja matriz, de Nossa Senhora do Carmo, sua padroeira.

Monte Verde: romantismo, hospitalidade e boa comida


As temperaturas baixam e um destino certo para muitos turistas é Monte Verde, distrito sul mineiro ligado a Camanducaia e que fica cerca de 166 km de São Paulo. O isolamento em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, aliado à generosidade da natureza e a uma diversidade de restaurantes e passeios, é um convite a fugir da rotina. Em todos os setores do distrito, há opções para diferentes públicos. Nos restaurantes, o cardápio oferece desde a mais tradicional cozinha mineira até pratos típicos da culinária de países europeus. Monte Verde está a 1.600 metros de altitude e é acessível pela Rodovia Fernão Dias. A vila, como é conhecida por cerca de seus 5 mil moradores, recebe o visitante com sua arquitetura em estilo europeu, resquício da origem dos fundadores, vindos da Letônia.

Ouro Fino, terra do Menino da Porteira
 

Uma das mais antigas cidades da região, Ouro Fino está a 50 km de Pouso Alegre, entre as cidades de Borda da Mata e Jacutinga. Há controvérsias sobre se esta é realmente a cidade imortalizada na canção do Menino da Porteira. Mas o fato é que ela soube tirar proveito disso, destacando-se pelos monumentos espalhados na cidade em homenagem ao Menino da Porteira (no trevo de entrada), ao Boi sem Coração (no centro) e ao Berrante (próximo à Prefeitura). A cidade ainda oferece um clima agradável e um centro destinado a malharias.

Inconfidentes: a capital nacional do crochê
 

Localizada no sul de Minas Gerais a 220 km de São Paulo, a pequena Inconfidentes é uma cidade tipicamente mineira, privilegiada por suas belezas naturais, clima ameno e economia em crescente desenvolvimento. O município é um dos maiores produtores de crochê, malhas, fios, fibras e tapetes do sul de Minas Gerais, além do seu variado comércio de artesanato, cama, mesa e banho, bucha vegetal e artigos para decoração. A cidade é conhecida como Capital Nacional do Crochê e integra o Circuito Turístico das Malhas do Sul de Minas. Ao visitar a região sul mineira, aproveite para conhecer Inconfidentes e deixe-se emaranhar pelas belíssimas tramas da cidade!

Santa Rita do Sapucaí – Vale da Eletrônica


A cidade de Santa Rita do Sapucaí, localizada a 22 km de Pouso Alegre, é conhecida como Vale da Eletrônica por representar um importante polo de tecnologia, destacando-se na produção eletroeletrônica e na área de informática. Além disso, a cidade tem grande tradição religiosa, levando, todos os anos, milhares de fiéis ao Santuário de Santa Rita de Cássia. Com mais de 170 edições, a festa em homenagem à Santa Rita de Cássia é a maior e a mais tradicional comemoração da cidade. Cercada por lindas montanhas, ao visitar Santa Rita do Sapucaí aproveite para desfrutar de lindas paisagens e da hospitalidade mineira!

Piranguinho, a capital nacional do Pé de Moleque!


Piranguinho é a cidade do ‘Pé de Moleque’, doce produzido artesanalmente há mais de 80 anos, reconhecido como Patrimônio Imaterial de Minas Gerais e Produto Âncora de Identidade Gastronômica do Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas. O famoso doce à base de amendoim é uma iguaria típica que confere fama internacional ao município, localizado a 58,4 km de Pouso Alegre. Ao visitar o Sul de Minas, além de experimentar o famoso Pé de Moleque, você também poderá vivenciar a produção familiar do doce e desfrutar dos ricos cenários montanhosos e da hospitalidade dessa acolhedora e tranquila cidade.

Cambuquira, Lambari, Caxambu no Circuito das Águas!


Localizado no sul de Minas Gerais, aproximadamente a 102 km de Pouso Alegre, o Circuito das Águas é conhecido por suas famosas estâncias hidrominerais, ricas em propriedades medicinais e terapêuticas. As cidades pertencentes ao Circuito das Águas costumam oferecer aos turistas momentos de descanso, relaxamento, lazer e bem-estar. São diversas fontes e balneários para banhos, massagens e momentos de harmonia e equilíbrio com o corpo e a mente. Além disso, os parques e as reservas naturais podem ser conhecidos através dos passeios de charretes, pedalinhos e teleféricos, com uma vista privilegiada. Aproveite sua estadia no sul de Minas Gerais para descansar e degustar as milagrosas águas minerais que o Circuito das Águas tem a oferecer!

Maria da Fé, a cidade das Oliveiras
 

Maria da Fé é uma das cidades mineiras mais frias do Estado de Minas Gerais! No inverno, as temperaturas mínimas podem descer abaixo de 0°C, isso porque o município está localizado na Serra da Mantiqueira, próximo à estância paulista de Campos do Jordão e às cidades mineiras do chamado Circuito das Águas. É também conhecida como Cidade das Oliveiras por produzir duas variedades de oliveiras genuinamente brasileiras, a JB e a Maria da Fé. Ao visitar a cidade, aproveite para conhecer as oliveiras mais antigas do município, situadas na praça Getúlio Vargas, e para desfrutar do turismo rural, com passeios a cavalo e comida de fogão à lenha.

Congonhal: cidade de belezas, encantos e mistérios


A cidade de Congonhal fica aos pés da serra do Cervo, na serra da Mantiqueira, tendo seu ponto mais elevado com 1.473 metros. É banhada pelo rio Cervo, afluente do rio Sapucaí, e pelo rio Machado, um dos formadores do lago de Furnas. Congonhal é uma cidade famosa por suas cachoeiras, sendo as principais a Cachoeira das Quinze Quedas e a Cachoeira das Almas, ambas muito frequentadas por turistas. Além disso, o turismo religioso também tem grande destaque pelo fato misterioso que ocorreu na década de 80: a aparição de Nossa Senhora da Obediência no bairro rural de São Domingos.  Vale a pena conhecer o Santuário, construído em homenagem à Santa, que costuma receber fiéis em romaria todos os anos.

Serra da Mantiqueira

 

“Serra da Mantiqueira

Moldada em rara beleza

Tua Majestade em graça

Brindando a natureza,

 

Guardas segredos contigo

Não revelados, porém,

Teu encanto e liberdade

Jamais negaste a ninguém,


Serra da Mantiqueira

Coando a respiração

Presente verde encanto

doado sem restrição²…

 

Tuas curvas, teus caminhos

Teu verdor tão livre ao léu;

Imponência exuberante

Cochichando algo aos céus.

 

FÁTIMA FLEMING

MESTRADO E DOUTORADO

Programa de Pós-Graduação

em Ciências da Linguagem