Para acessar notícias de outros anos, clique aqui

Notícias Anteriores - Ano 2014

"Arte e Escrita" é a quarta oficina realizada pelo Projeto de Extensão ALINE

 

Em 22 de novembro de 2014, dando continuidade às atividades do Projeto de Extensão Universitária "A linguagem vai à escola" - ALINE, desenvolvido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, da Univás, foi realizada a quarta oficina intitulada Arte e Escrita, ministrada pelas professoras Maria Onice Payer e Mírian dos Santos, com o auxílio da mestranda Carla Adriana Fernandes Alves Patronieri. Nessa oficina, as professoras trabalharam teoricamente aspectos da prática da escrita com os alunos, professores da Escola Municipal Professora Isabel Coutinho Galvão; leram poemas de Manoel de Barros, Cecília Meireles e Carlos Drummond de Andrade. Na sequência, os alunos deram vazão a diferentes práticas de escrita a partir da produção de desenhos, poemas e da formulação de autorretratos, produzindo, assim, uma escrita de si sobre eus e não-eus, sobre seus corpos de professores conectados ao social, da escola, do bairro, da sociedade. Isso, com o propósito de terem uma experiência estética (de Arte e Escrita) e se acercarem de uma concepção de escrita na qual o sujeito que escreve se faz presente em seu texto.

 

Doutorando em Ciências da Linguagem recebe Prêmio EDUCA Minas para a Diversidade Étnico-Racial

 

O Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL/Univás), professor Cassio Castanheira (Escola Estadual Benjamim Guimarães - Bom Sucesso), recebeu, no mês de dezembro, o "Prêmio EDUCA Minas para a Diversidade Étnico-Racial", promovido pelo Instituto NANDYALA Livros,  Sinpro Minas e Sind-UTE, com o apoio do  Ministério Público de Minas Gerais e do Instituto de Arte e Cultura Yorubá. O Prêmio é uma iniciativa que conta com a parceria de produtores culturais negros, professores, pesquisadores, entidades socioeducacionais e NEABs das Universidades Federais em Minas Gerais para todos aqueles profissionais, docentes da Educação Básica, que efetivam a Lei 10.639/2003 na sua prática pedagógica, garantindo a formação dos(as) estudantes brasileiros(as), relativamente às histórias, culturas e vivências sociais de africanos, indígenas e afro-brasileiros. Com mais de 10 anos de existência, a Lei 10.639/2003, atualizada pela Lei 11.645/2008, vem sendo muito pouco respeitada. Este Prêmio adquire toda sua importância na medida em que se alinha a outros importantes incentivos que consideram a abordagem das relações étnico-raciais como parte da educação, o que corresponde a um considerável avanço em termos do trato cotidiano da diversidade nos estabelecimentos de ensino do país para a melhor qualidade da formação social dos brasileiros. O prêmio recebido por Cassio Castanheira constitui como um grande incentivo a sua atuação docente, bem como a sua pesquisa em nível de Doutorado desenvolvida no PPGCL/Univás, uma vez que a lei em questão é o objeto de estudo em sua tese.

 

Professor da Université Paris III profere conferência no PPGCL

 

No dia 10 de dezembro de 2014, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da Univás recebeu o pesquisador francês Dr. Bernard Bosredon, professor da Université Paris III. Na ocasião, o professor Bernard proferiu a Conferência intitulada "O estado atual dos estudos da linguagem na França", em que explicitou, de sua perspectiva, como os Estudos da Linguagem, em especial a disciplina da Linguística, funciona atualmente naquele país, dando ênfase, ainda, a relações estabelecidas atualmente entre os Estudos da Linguagem e outros campos do conhecimento, como o campo da informática e o da computação. A conferência foi traduzida pela Profa. Eni Orlandi. A presença do referido professor no Brasil, em particular na Univás, reitera e reatualiza parcerias de trabalho científico-acadêmico que vêm há décadas sendo firmadas com o Prof. Bernard e outros pesquisadores estrangeiros, por intermédio, sobretudo, de Projetos de Pesquisa coordenados pela Profa. Dra. Eni Orlandi (Coordenadora do PPGCL), tanto na Univás como no Labeurb/Unicamp.

 

Profa. Dra. Eni P. Orlandi participa do II Simpósio Espaço, Sociabilidade e Ensino

 

Promovido pelo Curso de História da Univás, o  II Simpósio Espaço, Sociabilidade e Ensino teve em sua programação a célebre presença da Profa. Dra. Eni P. Orlandi, Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL). Na ocasião, a Profa. Eni proferiu uma conferência sobre a relação entre História e Discurso. Em sua exposição, intitulada "Era uma vez corpos e lendas: versões, transformações, memória", Eni P. Orlandi tratou das narrativas (contos, lendas, causos) que circulam na região de Sul de Minas, em especial, das diferentes versões da lenda do Corpo-Seco e a forma como, ao circular, esta narrativa vai individuando os sujeitos em seus modos de se identificar no imaginário social da região. O trabalho apresentado pela autora é resultado das pesquisas que ela vem desenvolvendo no projeto “Discurso e modos de individuação do sujeito: espaço, acontecimento e memória no sul mineiro” (DISUPI). Projeto este que conta com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) e reúne pesquisadores, docentes e discentes do PPGCL e de cursos de graduação da Univás, bem como de outras instituições de ensino nacionais.

 

Docente do PPGCL participa de evento na UFU

 

Nos dias 24 e 25 de novembro de 2014, o Prof. Dr. Eduardo Alves Rodrigues, docente do PPGCL, participou como convidado do XII SEPELLA - Seminário de Pesquisa em Linguística e Linguística Aplicada, do Programa de Pós-Graduação  em Estudos Linguísticos, da Universidade Federal de Uberlândia. Durante o evento, o professor participou como debatedor de trabalhos de Mestrado e Doutorado em andamento naquele Instituto, além de proferir a palestra "Fotograma, montagem e outros efeitos em 'Tarja Branca'", em que discorreu sobre efeitos de procedimentos de recorte e montagem para análises de objetos audiovisuais cinematográficos.

Docente do PPGCL participa de evento na UFPA

 

A professora Dra. Andrea Domingues, docente do PPGCL e do curso de História da Univás, participou, no período de 17 a 20 de novembro de 2014, do Primeiro Seminário Nacional de Pós-Graduação em Educação e Cultura (PPGEDUC) e do V Diálogo Científico do Campus Universitário do Tocantins, da Universidade Federal do Pará-Cametá. Com o tema “Pesquisa e Produção de Conhecimento”, o evento contou com a apresentação de resultados de pesquisas desenvolvidas por alunos que integram grupos de estudo, Programas de Pós-Graduação e Graduação do referido Campus Universitário. Fomentando o debate científico na condução do campo teórico e metodológico das investigações nas diversas áreas do conhecimento, bem como o fortalecimento da produção, divulgação e circulação científica na Região Amazônica, a professora Andrea Domingues participou das atividades como palestrante de mesa-redonda, membro do comitê científico e coordenadora de grupo de trabalhos, dando prosseguimento à parceria de trabalho estabelecida com a professora Dra. Benedita Celeste de Moraes Pinto, coordenadora do mestrado em Educação e Cultura, e com o professor Dr. Doriedson do Socorro Rodrigues, coordenador do Campus Universitário do Tocantins/Cametá - UFPA.

Docente do PPGCL faz palestra na UFPI

 

Em 13 de novembro, a professora Greciely Costa, do PPGCL, da Univás, participou do I Encontro Multidisciplinar do CPCE & I Seminário de Pós-Graduação da Universidade Federal do Piauí, campus de Bom Jesus. Ela proferiu a palestra intitulada "Linguagem e Ciência", na qual discorreu sobre o modo como a linguagem está investida na produção científica e sobre o fato de que o conhecimento científico passa por um processo de construção que está associado, por um lado, ao sujeito que o produz; e, por outro lado, à linguagem, ao discurso científico, que fabrica um objeto fundamentado em um método e em uma teoria, sendo a formulação de uma pergunta desencadeadora de toda pesquisa científica.

Coordenadora do PPGCL, Profa. Eni Orlandi, realiza conferência no IFCHS da UFOP em Mariana (MG)

 

Profa. Dra. Eni Puccinelli Orlandi, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, realizou, no dia 05 de novembro de 2014, conferência no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (IFCHS) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em Mariana (MG), por ocasião da comemoração do 35º Aniversário do Instituto. A conferência teve como título "Humanidades, memória e democracia". Mais uma vez nosso Programa estreita relações com outras universidades de Minas Gerais conjugando esforços com o objetivo de fazer em circular a produção de diferentes Instituições de Ensino Superior de Minas. Após a conferência, houve belíssima apresentação da Orquestra de Ouro Preto.

Projeto ALINE realiza a Oficina "Oralidade e Escrita"

 

Como parte das atividades do Projeto de Extensão do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, da Univás, intitulado A Linguagem vai à Escola, foi realizada, no dia 25 de outubro de 2014, a oficina Oralidade e Escrita, a qual foi ministrada pela professora Joelma Pereira de Faria. O projeto, que tem por objetivo contribuir para a formação e aprimoramento de professores e de suas atividades de ensino por meio da reflexão sobre a relação entre a linguagem e suas especificidades que abrangem a história e a sociedade, volta-se para o corpo docente da Escola Municipal Professora Isabel Coutinho Galvão. Na oficina realizada buscou-se discutir as relações dos sujeitos com a língua; a escrita e a oralidade como diferentes relações do sujeito com a história, pela linguagem; o discurso da escrita e o discurso da oralidade; ainda, foram abordados os processos cognitivos básicos referentes ao sistema escrito e a aprendizagem e o sistema de linguagem escrita com foco na teoria de aquisição e aprendizagem da leitura e escrita. Como parte das atividades práticas pretendidas foram trabalhadas as habilidades básicas de leitura e escrita por meio de diferentes materiais, dentre eles, charges, tirinhas, textos narrativos e descritivos, poesias e peças publicitárias que trazem explícita a relação oralidade e escrita. Este processo de leitura, e as atividades concernentes a ele, almejou o desenvolvimento das competências linguísticas básicas de falar, escutar, ler e escrever, atreladas às práticas de leitura e de escrita que se realizam no contexto de sala de aula.

PPGCL realiza a terceira edição do Seminário Integrado de Monografias, Dissertações e Teses – III SIMDT

 

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), através de seu Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), realizou a terceira edição do Seminário Integrado de Monografias, Dissertações e Teses – III SIMDT – nos dias 22, 23 e 24 de outubro. O SIMDT é um evento científico, cuja primeira edição foi realizada em 2010, época em que o evento era chamado de SIMD – Seminário Integrado de Monografias e Dissertações. Aberto para toda a comunidade acadêmica da UNIVÁS, bem como para outras universidades da região e de outras partes do Brasil, o evento recebeu, naquele ano, pesquisadores da Unicamp, da Ufscar, etc., que apresentaram trabalhos de conclusão de curso, de iniciação científica e dissertações de mestrado. Em 2012, o evento contou com sua segunda edição e novamente reuniu pesquisadores de diferentes instituições, entre elas a FEPI, UFLA e a Universidade Católica de Pelotas. Em 2014, o evento passou a se chamar SIMDT - Seminário Integrado de Monografias, Dissertações e Teses, em virtude da instalação do doutorado em Ciências da Linguagem. E dentre os inscritos com a apresentação de trabalhos, neste ano, o evento recebeu pesquisadores da USP, da PUC-SP, da UNEMAT, da Universidade São Francisco, da Faculdade de Direito do Sul de Minas, do Claretiano Centro Universitário, da UNICAMP, da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da UNIVÁS, que apresentaram resultados de suas pesquisas de iniciação científica, monografia, mestrado e doutorado. Ao todo foram 44 trabalhos inscritos distribuídos em nove plenárias coordenadas por professores do PPGCL. Além disso, o número de alunos e professores que participaram como ouvintes, durante os três dias de evento, foi de aproximadamente 120 pessoas. Participaram da solenidade de abertura do evento, o Magnífico Reitor da Universidade do Vale do Sapucaí, Prof. Ms. Carlos de Barros Laraia, a Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Profa. Dra. Andrea Silva Domingues, o Pró-Reitor de Graduação, Prof. Dr. Guilherme Vale Carrozza, a Coordenadora do PPGCL, Profa. Dra. Eni Puccinelli Orlandi e a Coordenadora do NUPEL, Profa. Dra. Greciely Costa. A Profa. Dra. Carolina Padilha Fedatto (UFMG/UFU) proferiu a conferência de abertura intitulada “Formas de dizer não e outros conflitos”, e o Prof. Dr. Eduardo Alves Rodrigues (PPGCL/UNIVÁS) proferiu a conferência de encerramento com o trabalho “Decalagem discursiva entre espaço(s) e espacialidade(s): um projeto de pesquisa”. O evento ainda contou com o lançamento da Revista DIsSOL – Discurso, Sociedade, Linguagem – dos alunos de pós-graduação em Ciências da Linguagem. E, no encerramento do III SIMDT, músicos conduzidos por Uillian Santiago Antônio Gonçalves, que recentemente defendeu seu mestrado em Ciências da Linguagem, na Univás, abrilhantaram ainda mais o evento. É importante ressaltar ainda que o principal objetivo do SIMDT é criar e manter espaços de encontro, de trocas de reflexões, de experiências acadêmico-científicas entre os alunos das mais diferentes instituições de ensino, buscando investir de modo regular e produtivo no desenvolvimento de pesquisas de qualidade e de divulgar o trabalho que é realizado nestas diversas universidades, em diferentes níveis de ensino. Com a realização desse evento, o PPGCL incentiva a produção discente qualificada por meio dessa convivência entre pesquisadores.

 

Para ver a cobertura fotográfica do SIMDT 2014, acesse: http://simdtunivas.blogspot.com.br/

Nupel promove a Primeira Jornada "Sujeito, Espaço, Corpo e Sentido"

 

Aconteceu, no dia 16 de outubro, a 1ª Jornada “Sujeito, Espaço, Corpo e Sentido”, promovida pela Nupel e PPGCL. O evento marcou o início dos trabalhos do convênio firmado entre o PPGCL – Univás e a Facom/UFJF, cujo propósito é instituir o intercâmbio intelectual, científico e cultural entre as duas instituições, sobretudo a partir do desenvolvimento de um Projeto de Pesquisa com o tema "Sujeito, Espaço, Corpo e Sentido". O convênio é coordenado na Universudade Federal de Juiz de Fora pelo Prof. Dr. Wedencley Alves e na Universidade do Vale do Sapucaí pelo Prof. Dr. Guilherme Carrozza. A conferência de abertura desta primeira jornada foi proferida pelo Prof. Wedencley Alves e teve como título “A construção discursiva da repulsa”. Logo após, aconteceu a Mesa Redonda intitulada “Corpo, espaço e mídia: o sujeito em movimento”, realizada com as seguintes participações: Prof. Guilherme Carrozza, com o trabalho “Corpos em desafi(n)o: sujeito e sentido na rede”, o mestrando da UFJF Cícero Villela, com o trabalho “Mídia, territorialidades e subjetivações: uma cartografia dos discursos sobre as favelas em O Globo”, e o mestrando da Univás, Alan Kern, com o trabalho “Redes de resistência e revolta”. Ainda dentro das atividades do convênio, no período da tarde, a equipe de trabalho do referido Projeto de Pesquisa se reuniu para tratarem das próximas etapas do estudo.

Professoras do PPGCL ministram palestra na IV Semana Cultural e Tecnológica da IFSULDEMINAS de Poços de Caldas

 

As professoras Ana Cláudia Fernandes Ferreira e Telma Domingues da Silva, do PPGCL da Univás, compuseram a mesa “Linguagem, Sociedade e Tecnologia” na IV Semana Cultural e Tecnológica da IFSULDEMINAS de Poços de Caldas. O evento, realizado de 6 a 10 de outubro de 2014, contemplou os eixos tecnológicos do campus – meio ambiente, informática, edificações, eletrotécnica e administração – além de reunir ações artísticas e culturais. A mesa “Linguagem, Sociedade e Tecnologia”, realizada no dia 8 de outubro, foi dedicada a expor as relações entre a linguagem e os eixos de estudo do Instituto. A palestra ministrada pela profa. Ana Cláudia, “A linguagem nas diversas formas de tecnologia”,  contextualizou os temas dos eixos tecnológicos no âmbito das pesquisas do PPGCL da Univás e, em seguida, apresentou um quadro das relações entre linguagem, sociedade e tecnologia no passado e no presente, tendo como foco o papel da linguagem na constituição de diversas formas de tecnologia na sociedade. A palestra ministrada pela profa. Telma Domingues da Silva, “A linguagem e a questão ambiental", apresentou um panorama da questão ambiental, considerando as relações que foram se produzindo na sociedade brasileira sobre o meio ambiente, na passagem de um Brasil rural para o Brasil extremamente urbanizado de hoje, em que a questão ambiental é alçada a uma importante questão política.

O Projeto de Pesquisa "Vida urbana e rural no sul de Minas" visita a "Escola do Algodão"

 

Como parte das atividades do Projeto de Pesquisa "Vida urbana e rural no sul de Minas: processos de identificação, memória e efeitos de sentido", desenvolvido em parceria entre a UNIVAS e a IFSULDEMINAS, as professoras Telma Domingues da Silva (PPGCL/UNIVAS), Maria Onice Payer (PPGCL/UNIVAS) e o professor José Venicius de Souza (IFSULDEMINAS) visitaram, no dia 3 de outubro, a Escola Municipal Professora Maria Barbosa – conhecida como “Escola do Algodão”, está situada na Rodovia Fernão Dias, km 864. Foram recebidos pela orientadora pedagógica Ângela, para um encontro com professores de diferentes disciplinas que atuam no período noturno. Reunidos, os professores falaram de seu trabalho de docência nessa escola pública de Pouso Alegre, que foi a primeira escola rural do Brasil a oferecer o 2º grau. No período noturno funciona o 2º grau e os alunos são, em sua grande maioria, jovens provenientes do bairro do Algodão, que se caracteriza pela atividade agrícola. O encontro faz parte de uma agenda que prevê, ainda durante este semestre, mais dois encontros, agora no IFSULDEMINAS, nas cidades de Inconfidentes e Machado, com professores que atuam no curso Técnico em Agricultura.

PPGCL-Univás promove, em parceria com o Labeurb-Unicamp, a II Jornada Internacional de Análise de Discurso e Psicanálise

 

Entre os dias 23 e 25 de setembro, o Laboratório de Estudos Urbanos (Labeurb/Unicamp) organizou a II Jornada Internacional de Análise de Discurso e Psicanálise “Os nomes do Sintoma”. Esta jornada se constituiu como um dos resultados da parceria interinstitucional entre o Labeurb e o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL/Univás). A programação da jornada incluiu conferências, mesas-redondas e minicurso, em que participaram pesquisadores das duas instituições além de pesquisadores convidados nacionais e internacionais. Parte do corpo docente do PPGCL esteve presente, tanto apresentando conferência e comunicações, quanto assistindo e participando das atividades ao longo dos 3 dias de evento. Discentes do PPGCL também pretigiaram o evento. O principal objetivo da jornada foi promover um espaço de discussão e encontro entre a Análise de Discurso, do domínio das Ciências da Linguagem, e a Psicanálise. Em sua segunda edição, a jornada assumiu a proposição de interrogar os processos de nomeação do sintoma, de constituição das novas formas patológicas, o excesso de medicalização e o mal-estar em nossa sociedade. Para tanto, as atividades se desdobraram a partir do seguinte mote: "em tempos em que se buscam e se desenvolvem o que poderíamos chamar de 'técnicas de felicidade' (terapias, livros de autoajuda, religiosidades, novos tratamentos medicamentosos, drogadição), como pensar a discursividade do mal-estar, da patologia e do sofrimento? Como se constituem aí processos e lugares de subjetivação?" Para mais informações, acessem o site: http://www.labeurb.unicamp.br/jiadp/index.php.

Nupel promove o IV Seminário Temático Intolerância: linguagem, corpo e sociedade na história

 

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), através de seu Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), realizou em 25 de setembro o IV Seminário Temático "Intolerância: linguagem, corpo e sociedade na história", reunindo trabalhos que discutem a intolerância, pensando-a na relação com a linguagem, com o corpo e com a sociedade. Com este evento, o PPGCL abriu espaço para a compreensão de um tema importante para sociedade atual, cuja complexidade demanda reflexões teórico-analíticas tais como as que foram apresentadas no seminário. A professora Carolina de Paula Machado, da UFSCAR, falou sobre "O preconceito na linguagem: eufemismos na obra Raízes do Brasil", a professora Débora Massmann, da Univás, discutiu "O sentido de “Família” na sociedade Brasileira: entre afetos, políticas e direitos", a professora Simone Tiemi Hashiguti, da UFU, apresentou o trabalho "Corpos e formas (in)visíveis: entre a regularização e o acontecimento de sentidos" e o professor Alexandre Marcelo Bueno, da PUC-SP, expôs o trabalho "Por uma gramática da intolerância". Alunos e professores participaram da discussão fazendo perguntas e comentários que contribuíram para o debate sobre o tema.

Enciclopédias virtuais livres é o tema da segunda oficina do projeto de Extensão “A Linguagem vai à Escola”

 

No dia 20 de setembro de 2014, o Projeto de Extensão “A Linguagem vai à Escola” realizou sua segunda oficina, “Enciclopédias Virtuais Livres: Wikipédia e Desciclopédia”, que foi ministrada pela profa. Ana Cláudia Fernandes Ferreira, com o auxílio da mestranda Anne Caroline Bastos Bueno. Participaram desta segunda oficina 20 educadores, dentre eles professores, inspetores e supervisores de ensino da Escola Municipal “Professora Isabel Coutinho Galvão”. A oficina, realizada em uma das salas de informática da Univás, colocou em discussão as diferentes formas de organização e divisão do conhecimento na história, tendo como foco as enciclopédias e, mais especificamente, duas enciclopédias virtuais: a Wikipédia e a Desciclopédia. As atividades de pesquisa a respeito de artigos das enciclopédias virtuais, feitas juntamente com os educadores, permitiram a realização de uma discussão crítica sobre as semelhanças e as especificidades desses artefatos de produção/gestão do conhecimento. Nessa discussão, foi possível problematizar, além das semelhanças entre com as enciclopédias tradicionais (impressas), as maneiras específicas através das quais cada enciclopédia virtual funciona. Pôde-se discutir como as enciclopédias não funcionam simplesmente como reservatórios de dados e fatos, e como não são simplesmente divididas em espaços de circulação de conhecimentos verdadeiros ou falsos. Ao mesmo tempo, foi possível problematizar sobre o que, em cada uma delas, “se pode dizer” e “não se pode dizer”, além de refletir a respeito dos modos pelos quais elas configuram diferentes relações entre os sujeitos e os saberes.

Profa. Dra. Véronique Dahlet (FFLCH – USP) ministra conferência no PPGCL

 

No dia 11 de setembro de 2014, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, através de seu Núcleo de Pesquisa em Linguagem, promoveu a Conferência “Eu, Tu e a referência. O caso da autobiografia”, proferida pela Profa. Dra. Véronique Dahlet (FFLCH – USP). Em sua exposição, a profa. Véronique esboçou o percurso de análise sobre a categoria da pessoa, na segunda metade do século 20, através do linguista E. Benveniste (1966) e dos filósofos P. Ricoeur (1990) e J.-M. Ferry (1991). Na conferência, estiveram presentes docentes e discentes do PPGCL, bem como, membros de toda a comunidade acadêmica de Pouso Alegre.

Docente do PPGCL-Univás, Dra. Ana Cláudia Fernandes Ferreira, apresenta trabalho na ICHoLS XIII em Portugal

 

A profa. Ana Cláudia Fernandes Ferreira participou da “13th International Conference on the History of the Language Sciences - ICHoLS XIII” (http://ichols-xiii.realvitur.pt), realizada em Vila Real, Portugal, de 25 a 29 de agosto de 2014. A ICHoLS XIII reuniu pesquisadores de diversos países, que puderam fazer circular suas investigações na área da história das ciências da linguagem. Na ocasião, a profa. Ana Cláudia Fernandes Ferreira apresentou o trabalho “Constituição das cidades, divisão dos sujeitos e significação das línguas no Brasil: Uma história das ideias linguísticas em enciclopédias”. O trabalho apresentado no evento faz parte das pesquisas que a autora vem desenvolvendo como membro do programa Interinstitucional “História das Ideias Linguísticas” e como Coordenadora do Projeto “Linguagem e tecnologia: a produção de conhecimento em diferentes espaços institucionais”, este último vinculado à linha de pesquisa “Linguagem, Conhecimento e suas Tecnologias”, do PPGCL da Univás.

Projeto de Extensão A Linguagem vai à Escola tem início em agosto

 

Compreendendo a extensão como possibilidade de produzir um relação refletida e de aproximação da universidade com a sociedade, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), da Univás, dá início em agosto ao Projeto de Extensão A linguagem vai à escola (ALINE), cuja finalidade é a de oferecer aos professores da Rede Municipal de Pouso Alegre oficinas ministradas pelos diferentes especialistas em estudos da linguagem. Essas oficinas visam, por meio da reflexão sobre a relação entre a linguagem e suas especificidades que abrangem a história e a sociedade, contribuir para a formação, aprimoramento e desenvolvimento desses professores e de suas atividades de ensino, uma vez que, se propõe a debater questões teóricas e práticas que interferem no processo de leitura, escrita, interpretação face à língua, à inclusão, às novas tecnologias, à memória, à ciência cultural, à mídia e à arte, na escola. O Projeto teve início no sábado, dia 30 de agosto de 2014, com a realização da oficina “Ensino e Inclusão Educacional”, ministrada pela Profa. Dra. Renata Chrystina Bianchi de Barros, que foi auxiliada pela aluna egressa do mestrado Patrícia de Campos. Participaram, desta primeira oficina, 30 educadores, dentre eles professores, inspetores e supervisores de ensino da Escola Municipal Professora Isabel Coutinho Galvão. Nessa oficina, os educadores puderam debater as proposições governamentais para a inclusão escolar de pessoas com deficiência; ouvirem colocações a partir dos estudos desenvolvidos no campo das Ciências da Linguagem, uma vez que a compreensão da linguagem e seu funcionamento deve ser objetivada por aqueles que estabelecem relação direta com os processos de ensinagem e de aprendizagem a fim de que a concepção de ensino ultrapasse a ideia das práticas pedagógicas conteudistas e aproximem-se da ideação de prática transformadora; e dividir com seus pares as vivências do interior da sala de aula, promovendo o embate entre a teoria e práxis de modo a encontrarem meios para o ensino da pessoa com deficiência na escola regular. O Projeto ALINE, em andamento, oferecerá oficinas com periodicidade mensal, já com datas previstas em 2014  para as próximas atividades: 20 de setembro, Enciclopédias Virtuais Livres: Wikipédia e Desciclopédia, ministrada pela Profa. Dra. Ana Cláudia Fernandes Ferreira, 25 de outubro, Oralidade e Escrita, ministrada pela Profa. Dra. Joelma Faria, 22 de novembro, Arte e Escrita, ministrada pelas Profa. Dra. Maria Onice Payer e Profa. Dra. Mírian dos Santos, e dia 13 de dezembro, Linguagem e Cinema: Refletindo as relações sociais no espaço escolar, ministrada pelas Profa. Dra. Greciely Costa e Profa. Telma Domingues da Silva. 

O PPGCL promove Oficina de Formação Continuada

 

No período de 29 de agosto a 12 de setembro ocorre no Auditório do Conservatório de Música de Pouso Alegre, por meio de parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem e a Superintendência Regional de Educação de Pouso Alegre, a oficina “Inclusão e Docência: teoria e prática pedagógica junto a pessoas com deficiência e/ou com necessidade educacional especial”. Com o total de 12 horas, essa atividade de extensão é fundamentada nos estudos do campo das Ciências da Linguagem e objetiva discutir e promover, junto aos educadores, uma prática reflexiva que interpela teórica e intervencionalmente a elaboração de práticas docentes inclusivas, apresentando, sob um olhar crítico, as novas proposições do Plano Nacional de Educação e dos processos que envolvem o atendimento educacional especializado na interface entre a escola regular, a sala de recursos e as instituições de apoio, conforme apontado pela LDB de 1996. No primeiro dia da oficina participaram da abertura da atividade, em média, 200 educadores, que assistiram às palestras realizadas pelo Prof. Dr. Eduardo Alves Rodrigues e pela Profa. Dra. Renata Chrystina Bianchi de Barros, docentes do PPGCL-UNIVÁS. Essa atividade de extensão é desenvolvida pela Profa. Renata, contando com a colaboração das discentes do PPGCL, Dda. Ana Carolina Sales Oliveira, Mda. Priscila Ferreira e Silva e Ms. Patrícia de Campos Lopes, e dos alunos Ângelo Gregory Vicente de Souza (aluno PROBIC-FAPEMIG, Curso de História da UNIVÁS) e Pedro Henrique Pereira da Silva (aluno BICJr-FAPEMIG).

II CAFÉ COM SABER

 

Na quinta-feira, dia 28 de agosto, o Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), do Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), realizou o segundo “Café com Saber”, na Villa do Pão de Queijo, em Pouso Alegre. Nessa edição, a Profa. Eni Orlandi trouxe à discussão o papel da linguagem na sociedade e a importância de se formar profissionais nessa área. Por meio de vídeos de dança, como Kátia Flávia, de Fausto Fawcett, o Lago dos Cines, em suas versões em Ballet clássico e no estilo hip hop, dentre outros, pode-se compreender as diferentes maneiras de significar e a diversidade de processos discursivos a partir dos quais se trabalha em Ciências da Linguagem. Os convidados, professores e coordenadores de outras instituições e das Secretarias de Educação, participaram do debate com comentários e relatos que contribuem com o alargamento da compreensão da linguagem pensada no interior das relações sociais.

PPGCL realiza o V Seminário Aberto "Metodologia de Pesquisa sobre Ciência e Escrita"

 

No dia 28 de agosto, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), através de Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), realizou o V Seminário Aberto "Metodologia de Pesquisa sobre Ciência e Escrita", que foi ministrado pelas docentes Profa. Dra. Débora Massmann  e Profa. Dra. Maria Onice Payer, ambas do PPGCL/Univás. O objetivo deste seminário foi o de criar um espaço de discussão e de reflexão sobre as diferentes formas de produção científica. Nas exposições, discorreu-se sobre a importância da pesquisa para a sociedade e, sobretudo, sobre a necessidade de fazer circular, através de publicações, o conhecimento produzido na universidade tanto em nível de mestrado quanto de doutorado.

Nupel promove a Conferência "Retórica, Discurso e Argumentação: Horizontes de Pesquisa"

 

No dia 27 de Agosto, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), através de Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), promoveu a conferência “Retórica, Discurso e Argumentação: Horizontes de Pesquisa”, proferida pelo Prof. Dr. Ivo José Dittrich da Unioeste (Campus Foz do Iguaçu). Na ocasião, o Prof. Ivo apresentou o percurso de pesquisas na área da retórica e da argumentação, mostrando a pluralidade de perspectivas para os estudos que se fundamentam neste domínio teórico. Ao se debruçar sobre a história da retórica, o pesquisador retomou seus postulados, seu percurso secular e enfatizou o modo como essa teoria tem se desdobrado no século XXI. Entre os temas debatidos pelo autor, destacam-se “Retórica, Discurso e Ensino”, “Retórica e Novas tecnologias” e Retórica e Discurso Político”.

A IV Jornada Nacional “Discurso e Inclusão: efeitos na sociedade” reúne pesquisadores da UFJF e da UNIVÁS

 

A IV Jornada Nacional “Discurso e Inclusão: efeitos na sociedade” aconteceu na quinta-feira, dia 21 de agosto, no salão de eventos da Univás - Unidade Fátima. Realizado pelo Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), do Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL) da Univás, esse evento celebra o convênio de cooperação entre o Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento e Ensino a Distância (NGIME) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e o Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL) da Univás. A conferência de abertura intitulada "Eu, eles e nós - discursos da inclusão no cenário escolar mineiro" foi proferida pela Profa. Dra. Eliana Lucia Ferreira, coordenadora do NGIME/UFJF. Em seguida, a primeira Mesa Redonda "Educação, ciência e corpo" reuniu os trabalhos das professoras do PPGCL-Univás, Paula Chiaretti, que apresentou o trabalho "O deficiente não funciona como o esperado: a produção discursiva do sujeito com síndrome de down e suas incidências no corpo ", e de Greciely Costa que expôs o trabalho intitulado "O Corpo em autorretrato e a projeção (da imagem) de si". Já na parte da tarde, a Mesa Redonda "O político na diferença" foi composta pela exposição dos trabalhos "Pelos olhos de Nicolas": efeito de sentido em um livro de história infantil", da Profa. Renata Chrystina Bianchi de Barros (PPGCL-Univás), "Políticas públicas de Educação no Brasil", da Profa. Flávia Ceccon (NGIME-UFJF) e "Da diferença à resistência", da Profa. Eni Puccinelli Orlandi (PPGCL-Univás). A temática dessa Jornada faz parte e resulta de pesquisas desenvolvidas pelos dois grupos de pesquisadores, do NGIME-UFJF e do PPGCL-UNIVÁS,  cujo objetivo para esse evento era o de discutir o tema inclusão pensado em espaços de significação diferentes: escola, arte, ciência, educação, políticas públicas, sociedade em geral. Na ocasião, foi lançado o livro "Discursos sobre a inclusão", organizado por Eliana Ferrreira e Eni P. Orlandi, o livro também apresenta resultados da parceria das duas instituições sobre a temática da inclusão. Em paralelo à jornada, foi realizada uma reunião de trabalho no dia seguinte com todos os docentes e discentes que fazem parte do convênio a fim de planejar novas ações em conjunto.

Professora Débora Massmann do PPGCL participa de Jornada na USP

 

A convite do Grupo de Estudos em Retórica e Argumentação (GERAR), da Universidade de São Paulo (USP), a Profa. Dra. Débora Massmann (PPGCL/Univás) participou, no dia 21 de agosto, da Jornada “Percorrendo a história da retórica e da argumentação: dos gregos  e romanos aos nossos dias” em comemoração dos 20 anos de fundação do GERAR. No evento, pesquisadores de diferentes universidades do país apresentaram suas pesquisas a fim de refletir sobre os desdobramentos dos estudos retóricos e argumentativos ao longo do tempo. Nesta ocasião, a professora Débora Massmann teve a oportunidade de apresentar os resultados de sua pesquisa de pós-doutorado, encerrada recentemente na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) cujo tema é “Os sentidos da argumentação nas ciências humanas”.

Professor Eduardo A. Rodrigues do PPGCL/Univás participa de evento na UFU

 

Nos dias 21 e 22 de Agosto de 2014, o professor do PPGCL, Dr. Eduardo Alves Rodrigues, participou do VII Workshop realizado pelo GELS - Grupo de Pesquisa e Estudos em Linguagem e Subjetividade, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Nesta edição, o Workshop teve como tema "Discurso e enunciação: pontos (in)tangíveis". O encerramento do Workshop se deu por meio da mesa redonda intitulada "Discurso e Enunciação: diferentes abordagens teórico-metodológicas", oportunidade em que o professor Eduardo discorreu a respeito do método discursivo, com o trabalho "Sentidos de amor na espacialidade urbana: o dispositivo de leitura em Análise de Discurso".

Eni P. Orlandi, coordenadora do PPGCL/Univás, profere conferência na FIOCRUZ

 

 

No dia 19 de agosto de 2014, a Coordenadora do PPGCL, Profa. Dra. Eni Orlandi, esteve no Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz), no Rio de Janeiro, onde participou de Banca de Qualificação de Doutorado em Informação e Comunicação em Saúde, além de proferir a conferência intitulada “Sentidos em fuga: efeitos da polissemia e do silêncio”. Na oportunidade, a Profa. Eni concedeu entrevista ao site do Icict, respondendo questões a respeito de divulgação científica, marketing e comunicação em saúde, e sobre silêncio. A entrevista pode ser acessada no endereço: http://www.icict.fiocruz.br/content/icict-recebe-eni-orlandi-precursora-da-teoria-de-an%C3%A1lise-do-discurso-no-brasil.

A palestra proferida pela Profa. Eni está disponível no Canal do YouTube da VideoSaúde Distribuidora.

 

Clique aqui e assista ao vídeo!

 

PPGCL realiza palestra sobre os manuais de redação da Folha

 

Na quinta-feira, dia 17 de julho, o Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), do Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), realizou a palestra "Folha de São Paulo e seus manuais de redação: algumas compreensões", proferida pela Profa. Dra. Maraísa Lopes, da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Com tema voltado à linguagem jornalística dos manuais de redação, a professora mostrou como os manuais surgem no interior de certas instituições como a Folha de São Paulo e o Estadão, e como produzem efeitos não só na prática jornalística, mas nos leitores e em outras instituições como a escola, uma vez que os manuais são importados para o espaço escolar. Alunos e professores prestigiaram e participaram da discussão proposta, questionando o papel e a influência dos manuais na sala de aula, além de indagarem o modo de circulação de jornais tendo em vista a configuração da leitura face às novas mídias e tecnologias. A participação do público, ávido por  debater o tema, fez do evento uma oportunidade muito profícua de reflexão em torno do assunto e das questões que ele suscita.

Encontros de Escrita reiniciam em Agosto

 

Foram retomadas no início de agosto as atividades de extensão do “Projeto Encontros de Escrita”, que pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem(PPGCL) participam das ações de integração entre a UNIVÁS e o Colégio Vale do Sapucaí Anglo Pouso. Gestos de integração entre a Pós-Graduação e a Graduação e entre a Universidade, a Educação Básica e a Comunidade, que são recomendados pela CAPES e pelo MEC para o funcionamento qualificado da pós-graduação em sua inserção social, têm recebido a atenção do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem.

A abertura dos trabalhos do semestre contou com a presença de coordenadores e representantes de instâncias diretamente envolvidas no Projeto: o Diretor da  Unidade Fátima, Prof. Benedito Afonso Pinto Junho, a Coordenadora do PPGCL, Eni P. Orlandi representada pela Profa. Greciely Costa e a Diretora do Colégio Vale do Sapucaí Anglo Pouso Alegre, Profa. Leila Fonseca e a coordenadora pelo PPGCL do projeto, Profa. M. Onice Payer, que explicitaram seus sentidos e enfatizaram a importância do mesmo para a Instituição.

 

Os Encontros de Escrita planejados entre docentes integrantes, Profas. Joelma Faria e Mírian dos Santos além de M. Onice e os mestrandos e doutorandos que, com base nas teorias estudadas e pesquisas realizadas na pós- graduação, atuam como monitores em oficinas de escrita quinzenais com estudantes do Ensino Fundamental e Médio que apresentem dificuldades em escrever.

 

Os objetivos são “identificar possíveis funcionamentos do discurso escrito que dificultem tanto o processo quanto o produto da escrita e oferecer oportunidades de trabalhar a linguagem escrita através de atividades que proporcionem ao sujeito (re)posicionar-se em seus escritos neles se inserindo enquanto sujeito do discurso”, através de atividades que propiciem ao aluno um envolvimento significativo com o que escreve. De modo inovador, o Projeto reúne formação científica e profissional dos acadêmicos, o que qualifica o acompanhamento dos estudantes de modo a proporcionar experiências interessantes com a escrita

Docente e Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem apresentam pesquisas em Congresso Internacional

 

No período de 09 a 12 de Julho, a professora Andrea Domingues e a aluna Marilda de Castro Laraia participaram do XVIII Congresso Internacional de História Oral - Las multiples voces de la historia oral, na cidade de Barcelona. As pesquisadoras apresentaram comunicação oral e publicaram artigo completo nos anais do evento. A professora Andrea Domingues apresentou a pesquisa intitulada “Resistencia y memoria: la construcción del processo identitario de los congadeiros (as) del Vale do Sapucaí - Minas Gerais”, e a discente do Doutorado em Ciências da Linguagem e professora do curso de História, Marilda Laraia, apresentou o trabalho intitulado “Narrativas, sentidos, memorias: las experiencias de los alunos de la Educación  de Jovenes y Adultos (EJA) en la ciudad de Pouso Alegre, MG”. As pesquisadoras assim tiveram a oportunidade de divulgar parte das pesquisas desenvolvidas no PPGCL-Univás e dialogar sobre conceitos teóricos e metodológicos com profissionais de áreas diversas do conhecimento de diferentes países.

A professora Juliana Santana Cavallari, do PPGCL-Univás, lança livro organizado em parceria com Elzira Yoko Uyeno e Márcia Aparecida Amador Mascia

 

Os estudos compilados na obra "Mal-estar na inclusão como (não) se faz" se destina a professores, educadores, educandos e agentes educacionais diversos (psicólogos, pedagogos, diretores, coordenadores, pais de alunos etc.) que são tomados, quase que diariamente, pela seguinte indagação: como se faz a inclusão? E como não se faz a inclusão? Os pesquisadores reunidos no livro elegeram o discurso politicamente correto da inclusão como objeto de estudo e enfatizam a necessidade de (re)pensá-lo a partir de um lugar vazio do qual possamos perceber impasses e vislumbrar saídas singulares que deem conta de contemplar a inclusão em sua essência e não apenas em sua forma, posta em prática por meio de técnicas mecanicistas e de procedimentos homogeneizantes que apenas inserem alunos ditos especiais no contexto escolar, mas que não os incluem, de fato, no processo de ensino-aprendizagem. Em suma, os capítulos que compõem esta obra se propõem a analisar, à luz da perspectiva discursivo-desconstrutivista, numa possível e profícua interface com a psicanálise, o mal-estar generalizado que acometeu as práticas inclusivas no âmbito educacional, abordando temas como: surdez, ensino de línguas materna e estrangeira, educação de jovens e adultos, educação inclusiva em escolas regulares, patologização do jovem aprendiz por meio de diagnósticos médicos, entre outros. A coletânea será lançada no 19º Congresso de Leitura do Brasil (COLE), que será realizado de 22 a 25 de Julho de 2014

Docentes e Discentes do PPGCL-UNIVÁS participam do 62º Seminário do GEL

 

Realizado entre os dias 30 de junho e 3 de julho de 2014, o 62º Seminário do GEL-Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo, tradicional evento da área de Letras e Linguística, acolheu a participação de docentes e discentes do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL) da Univás. No dia 1 de Julho, apresentaram-se, no Simpósio "Corpos em Contradição: ideologia e inconsciente na constituição do corpo-discurso", coordenado pela pós-doutoranda da Unicamp, Aline Fernandes de Azevedo, o professor Guilherme Vale Carrozza, a aluna egressa do Mestrado, Ludmilla Maria Lino Costa, e a doutoranda Lídia Noronha Pereira. No Simpósio coordenado pela professora da USP, Véronique Dahlet, intitulado "A enunciação através dos desdobramentos da categoria de pessoa e da argumentação", realizado no dia 02 de Julho, apresentaram-se a professora Débora Massmann juntamente com suas orientandas, a mestranda Gislaine de Carvalho Barros e a doutoranda Daniella Ferrraz Mant'Alvão. Também no dia 2 de Julho, puderam apresentar e discutir seus trabalhos no Simpósio "A afetação da Análise de Discurso na práxis das disciplinas terapêuticas", a professora Renata Chrystina Bianchi de Barros, que coordenou o simpósio, e  a professora Paula Chiaretti. Participaram também a  Psc. Dda. Clarice Pimentel Paulon, do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da USP, e a professora Nádia Pereira Gonçalves de Azevedo, docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNICAP. No dia 03 de Julho, a Professora Greciely Costa compôs o Simpósio "Memória e Tecnologia", coordenado pela professora Cristiane Dias, do Laboratório de Estudos Urbanos (LABEURB) da Unicamp, no qual se refletiu, a partir de diferentes temas, o papel da memória em processos discursivos distintos. Fizeram parte desse simpósio o também pesquisador do Laboratório de Estudos Urbanos (LABEURB) da Unicamp, Marcos Barbai, a professora Maristela Cury Sarian, da Unemat, e mestranda Cida Grecco, da Unicamp. Nas sessões de comunicação ocorridas durante o evento, apresentaram trabalhos a aluna egressa do Mestrado, Stella Maris Rodrigues Simões, o doutorando Atílio Catosso Salles, e o mestrando Maciel Francisco dos Santos. A professora Ana Cláudia Fernandes Ferreira também apresentou o trabalho "Linguagem, Conhecimento e Tecnologia no Espaço Científico Brasileiro" na Sessão de Comunicação "Linguagens e Novas Tecnologias" e participou da sessão de lançamento de livros do evento com a obra Uma História da Linguística: Entre os nomes dos estudos da linguagem, que saiu em 2013 pela RG Editores. A participação efetiva de docentes e discentes dá visibilidade aos resultados de pesquisa realizada no âmbito do PPGCL, além dar também visibilidade às relações institucionais mantidas pelos pesquisadores.

Josiane Pereira Fonseca Chináglia, mestranda do PPGCL-Univás, lançou em 13 de Junho o livro de poesias Elias por Nosotros

 

A mestranda do PPGCL Josiane Pereira Fonseca Chináglia, que é professora do IFSULDEMINAS, lançou em 13 de Junho o livro Elias por Nosotros, no Teatro Municipal de Guaxupé. O livro é resultado de um projeto realizado pela professora juntamente com os alunos do Curso Básico de Língua Espanhola, oferecido pelo Pronatec - Unidade Guaxupé, e reúne uma seleção de poesias de Elias José traduzidas para a Língua Espanhola. A solenidade de lançamento contou com a presença de cerca de 300 pessoas.

 

Coordenadora do PPGCL lança livro no 29º ENANPOLL

 

A Professora Eni Puccinelli Orlandi, docente e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da linguagem, da Univás, lançou seu livro Ciência da Linguagem e Política: Anotações ao pé das Letras, no dia 09 de junho, durante o 29º. Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística - 29º. Enanpoll - realizado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis. Esse livro é resultado de pesquisas desenvolvidas pela pesquisadora nos últimos cinco anos, no âmbito do projeto Ciência da Linguagem e Política, que tem apoio do CNPq. Nele, a autora analisa projetos desenvolvidos nas ciências da linguagem nos anos de 1960 a 1990, fundamentalmente, estendendo-se quando necessário para anos anteriores e posteriores, e, de maneira mais incisiva, entre 1964 e 1984, que é o período da ditadura.  A reflexão de Eni Puccinelli Orlandi explicita de que maneira a conjuntura política está presente naquilo que se produz enquanto ciência.

Docentes do PPGCL participam do 29º Encontro da Anpoll em Florianópolis

 

O 29º. Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística - 29º. Enanpoll - foi realizado na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, em Florianópolis, de 9 a 11 de junho de 2014. No evento, estiveram presentes as professoras do PPGCL da Univás Greciely Cristina da Costa, Maria Onice Payer e Ana Cláudia Fernandes Ferreira. A Profa. Greciely Cristina da Costa esteve presente representando a Coordenadora do PPGCL da Univás, a Profa. Eni P. Orlandi, nas reuniões e votações dos Programas de Pós-Graduação. A Profa. Maria Onice Payer coordenou, ao lado da Profa. Maria Teresa Celada (USP), a linha de pesquisa “Subjetivação e Processos de Identificação” do Grupo de Trabalho de Análise de Discurso, além de apresentar o trabalho “Subjetivação, Língua e Ensino”. A Profa. Ana Cláudia Fernandes Ferreira apresentou o trabalho “Linguagem, Conhecimento e Tecnologia de uma Perspectiva Discursiva da História das Ideias Linguísticas” na linha de pesquisa História das Ideias Linguísticas do mesmo GT. Ao lado disso, durante o lançamento de livros do 29º. Enanpoll, realizado no primeiro dia do evento, foram lançados dois livros de docentes do PPGCL da Univás: o livro da Profa. Ana Cláudia Fernandes Ferreira, Uma História da Linguística: Entre os nomes dos estudos da linguagem, que saiu em 2013 pela RG Editores, e a obra da Profa. Eni P. Orlandi, Ciência da Linguagem e Política – Anotações ao pé das letras, que saiu neste mês de junho pela Pontes Editores.

Professora do PPGCL se reúne com Docentes do Curso de Pós-Graduação em Linguística da UNEMAT

 

Esteve na UNEMAT nos dias 26 e 27 de maio a Profa. Dra. Eni Puccinelli Orlandi para reuniões de trabalho com os professores do Mestrado em Linguística da instituição. Esta viagem de trabalho faz parte de atividades que vêm sendo realizadas pela professora, junto a colegas da UNEMAT, que se ligam a ensino e pesquisa, elaborando temas de interesse mútuo entre as duas IES. Foi objeto destas reuniões discussões sobre: a constituição da pesquisa (área e linhas de pesquisa) na UNEMAT; a importância dos cursos de nossa área para a Educação Social, vista esta na perspectiva do que seja ler e escrever como questão de linguagem; a relevância dos estudos desenvolvidos, em nossa área, para formação em tecnologias da linguagem, seja para uso como tecnologias no ensino, seja em outros domínios; e também, mais especificamente, tratou-se do projeto de pesquisa “Linguagem, Cidade e Políticas Sociais”, do Convênio que está sendo assinado entre a UNEMAT e a UNIVÁS. Fez parte desta reunião discussões extremamente produtivas de modos de fazer pesquisa, de acesso a organismos de fomento, de relação entre diferentes IES de nossa área. Para finalizar, a  Profa. Eni Orlandi apresentou um trabalho, resultante de pesquisas de seu Grupo de Pesquisa, que analisa manifestações de linguagem da região sul de Minas, cujo título é “Discursos e Museus”, em que reflete sobre memória e esquecimento, assim como sobre a questão do sujeito e do desejo como parte desta relação. Foi uma reunião extremamente rica e proveitosa para as duas instituições.

PPGCL realiza Conferência com Romain Descendre (ENS-Lyon)

 

No dia 5 de junho, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL) da Universidade do Vale do Sapucaí (Univás), através de seu Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), realizou a conferência "O 'Descobrimento': história de uma invenção semântica", proferida pelo professor Romain Descendre, da Universidade de Lyon, na França. No evento, o conferencista, que desenvolve pesquisas no âmbito da filologia política, mostrou como o verbo descobrir e a palavra descobrimento significam nos séculos XV e XVI de maneira equívoca, cujos sentidos deslizam ao longo da história. A conferência foi traduzida pela Profa. Eni Puccinelli Orlandi, coordenadora do PPGCL, e contou com a presença de docentes e discentes da Univás

IV SEMINÁRIO DE ALUNOS DO PPGCL

 

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), através de seu Núcleo de Pesquisas de Linguagem (NUPEL), realizou o IV Seminário de Alunos do PPGCL em 29 de maio. Este evento está em sua quarta edição e é importante destacar que ele foi criado pelo PPGCL com o objetivo de dar visibilidade às pesquisas desenvolvidas no âmbito do Mestrado e, agora, com a instalação do doutorado, na próxima edição haverá a apresentação de pesquisas também em nível de doutorado. Nesta quarta edição, expuseram trabalhos os alunos: Allan Strottmann Kern, com o título "O imaginário da violência no discurso sobre os protestos de junho de 2013: da grande mídia às redes sociais"; Denilson Vieira de Souza, cuja exposição intitulou-se "De Treze de Maio para São Benedito: sentidos e sujeitos em um festejo afro-brasileiro"; e Maciel Francisco dos Santos, com o trabalho intitulado "A moral religiosa em músicas sertanejas: sentidos do bem e do mal". A Profa. Dra. Maria Onice Payer  coordenou as apresentações e discussões com o público.

Univás Virtual

 

Na quarta-feira, dia 21 de maio, aconteceu a reunião de apresentação da Univás Virtual, que vem desenvolvendo componentes curriculares que a partir do segundo semestre de 2014 acontecerão na modalidade à distância. Para desenvolver esse conteúdo, a equipe liderada pelo diretor da Educação à Distância da Univás, Prof. Dr. Luiz Roberto Martins Rocha, e pela coordenadora pedagógica do EAD, Profª Dra. Andrea Silva Domingues, convidou as professoras doutoras Débora Massmann, Greciely Costa e Paula Chiaretti, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, para a elaboração de conteúdo e gravação das aulas. A equipe conta ainda com os técnicos Rhonan Carlos, Ayrton Oliveira e a auxiliar administrativa Tassiana Cassemiro.

Professora do PPGCL participa como convidada da VI Jornada de Políticas Linguísticas, na UFSCar

 

A VI Jornada de Políticas Linguísticas que ocorreu na Universidade Federal de São Carlos – UFSCar em 13 de maio contou com a presença da professora convidada da Univás Ana Cláudia Fernandes Ferreira. A Jornada, organizada pelas profas. Soeli Schreiber da Silva e Carolina de Paula Machado, foi promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFSCar. Durante a manhã, a profa. Carolina Rodriguez (Labeurb/Unicamp) proferiu a conferência de abertura do evento, com uma reflexão sobre a legislação linguística e a gestão da diversidade. As atividades da tarde tiveram início, na mesa-redonda 1,  com a apresentação da profa. Ana Cláudia F. Ferreira que refletiu sobre as histórias de nomes e de políticas linguísticas para discutir sobre os estudos da linguagem na Tabela de Áreas do CNPq. Em seguida a profa. Gabriele Schumm (Unianchieta) apresentou e discutiu seu projeto de construção de uma enciclopédia de línguas no Museu do Homem, e a profa. Carolina de Paula Machado apresentou uma análise sobre os sentidos de “língua” nos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs. A segunda mesa-redonda da jornada contou com a participação de Claudia Freitas Reis (doutoranda/Unicamp), que tratou da questão da política linguística e tradução, e André Stahlhauer (doutorando/UFSCar), que apresentou uma reflexão sobre o português e suas re-divisões. Após a mesa-redonda, tiveram início as comunicações individuais organizadas pelo evento.

II Seminário de Pesquisas em Andamento (SEPA)

 

A segunda edição do Seminário de Pesquisas em Andamento (SEPA) foi realizada em 22 de maio. Este evento é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, através  de seu Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), com o propósito de dar visibilidade às pesquisas em andamento desenvolvidas em outras instituições de ensino. Neste II SEPA apresentaram-se: o Mestrando em Divulgação Científica e Cultural, do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp, André Luis Portes Ferreira Coelho, com o trabalho “'Brace yourselves, memes are coming' - formação e divulgação discursiva através de imagens engraçadas da internet"; a Doutoranda em Linguística Glória França, do Instituto de Estudos da Linguagem, da Unicamp, com trabalho "Turismo no Brasil e (semi-)prostituição: o ambiente digital em análise"; e, por fim, a recém doutora Vera Lúcia da Silva, que expôs um recorte, intitulado "Sujeitos segregados: a língua e a história na produção epistolar de presidiários", de sua tese de doutoramento desenvolvida no Instituto de Estudos da Linguagem, também da Unicamp.

Professora e aluna do PPGCL ministram oficina de formação na UNIFEI (Itajubá/MG)

 

No mês de maio de 2014 aconteceu na UNIFEI, campus de Itajubá (MG), o Evento “Cirandas de Formação”, promovido pelo Grupo de Estudo, Pesquisa e extensão em Humanas. A convite da Profa. Rita de Cássia Magalhães Trindade Stano , Coordenadora do GEPE-Humanas/UNIFEI, participaram como responsáveis por uma das oficinas a Profa. Dra. Renata Chrystina Bianchi de Barros e a aluna Dda. Ana Carolina Sales Oliveira, ambas do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNIVÁS. A oficina ministrada pelas professoras trabalhou o tema “inclusão e docência” nos dias 13 e 20 de maio, contribuindo na formação continuada de alunos e professores, considerando que as políticas de inclusão realizadas na contemporaneidade, com especificidade às políticas de educação inclusivas, exigem dos profissionais de diferentes campos de atuação a ampliação das reflexões acerca dos processos a serem enfrentados no cotidiano institucional. Novos objetivos e novas práticas profissionais estão sendo exigidos em função do funcionamento e das relações sociais, tendo em vista as solicitações da sociedade e a supervalorização da técnica em detrimento dos processos subjetivos e de linguagem. Com vistas a essas proposições, esta oficina objetivou promover, junto a discentes e docentes de diferentes licenciaturas, uma prática reflexiva que interpelasse teórica e intervencionalmente a elaboração de práticas docentes inclusivas.

PPGCL realiza o III Seminário Temático "Imagem: compreender e interpretar em diferentes análises"

 

Aconteceu no dia 15 de Maio de 2014 o III Seminário Temático "Imagem: compreender e interpretar em diferentes análises". Este evento científico foi organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, através de seu Núcleo de Pesquisas em Linguagem (NUPEL), e trouxe à Universidade do Vale do Sapucaí a apresentação e discussão de trabalhos voltados para a compreensão da imagem no interior de campos teóricos diferentes, contribuindo assim para o avanço e enriquecimento de pesquisas sobre a interpretação e análise de imagens. Além disso, este evento celebrou a parceria de trabalho interinstitucional firmada por meio de convênio de cooperação científico e cultural entre a Univás e a Uniso, cujos pesquisadores de ambas instituições vem desenvolvendo o Projeto de Pesquisa "Arte, Mídia e discurso: interfaces e produção de sentidos", que é coordenado pelas professoras Mírian dos Santos (Univás) e Luciana Coutinho Pagliarini de Souza (Uniso). Na ocasião, a Professora Maria Ogécia Drigo, da Uniso, apresentou o trabalho "Comunicação e cognição: a semiótica delineando modos de representação", a doutoranda Ellissa Castro Caixeta de Azevedo, da Univás, expôs o trabalho intitulado "A arte de rua", a exposição da Professora Rita Miranda Rosa, da Uniso, intitulou-se "Leitura de imagens: a 'educação do olhar' em foco" e, por fim, a Profa. Dra. Telma Domingues da Silva, da Univás, apresentou o trabalho "Símbolos pátrios (em) outras falas: análise da discursividade de uma charge em seu contexto histórico". O evento contou ainda com a participação da Professora Mírian dos Santos, que coordenou a exposição das pesquisadoras.

Entrevista com Bérnard Bosredon - Université Paris 3 (Sorbonne Nouvelle)

 

Como parte de suas atividades de pós-doutorado, a Profa. Dra. Débora Massmann (PPGCL) fez uma viagem de estudos à França onde registrou uma série de entrevistas com linguistas franceses. O destaque é a entrevista com o Prof. Dr. Bérnard Bosredon, pesquisador da Université Paris 3 – Sorbonne Nouvelle, especialista em semântica e em línguística francesa. Bosredon concedeu uma entrevista sobre a Teoria Linguística de Antoine Culioli, mostrando a contribuição das pesquisas desse autor para as ciências da linguagem.A entrevista com Prof. Bérnard Bosredon será publicada em breve na Revista Entremeios do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem.

Professoras do PPGCL-UNIVÁS são recebidas no NGIME-UFJF em Visita Técnica

 

As Professoras Renata C Bianchi de Barros e Greciely Cristina da Costa estiveram no dia 28 de abril, na Universidade Federal de Juiz de Fora, para realização de Visita Técnica no NGIME. Na ocasião, puderam reunir-se com a Profa. Eliana Lucia Ferreira, idealizadora e Coordenadora do Núcleo do Grupo de Pesquisa em Inclusão, Movimento e Ensino a Distância (NGIME), grupo com o qual o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNIVÁS tem estabelecido um Convênio de Cooperação Interinstitucional com a elaboração e execução de Projetos de Pesquisa. As Professoras foram recebidas também pelo Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Juiz de Fora, o Prof. Dr. Flávio Iassuo Takakura, que se disponibilizou a discutir projetos e a colaborar com os grupos NGIME e PPGCL-UNIVÁS.

Professores do PPGCL participam de Congresso Mundial de Comunicação em Braga, Portugal

 

Os professores Mirian dos Santos e Guilherme Carrozza, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem e dos cursos de Administração e Publicidade e Propaganda da Univás, participaram no mês de abril de 2014, do II Confibercom – Congresso Mundial de Comunicação Ibero-Americana, realizado na cidade de Braga, Portugal. Profa. Mirian dos Santos apresentou o trabalho intitulado “Internacionalização da comunicação por meio de imagens publicitárias: deslocamentos e silenciamentos” e o Prof. Guilherme Carrozza apresentou o trabalho “Entre o comunicar e o não comunicar: a Análise de Discurso como teoria de interpretação nos currículos dos cursos de comunicação no Brasil”, ambos escritos em coautoria. O II Confibercom teve como proposta colocar em perspectiva os horizontes de internacionalização e de cooperação interinstitucional entre universidades e grupos de pesquisa ibero-americanos. Com este tema geral, o congresso dividiu-se em 22 grupos temáticos, que acolheram propostas de trabalho nas diferentes áreas de investigação em ciências da comunicação.

PPGCL e Nupel realizam III Jornada Nacional Tecnologia, Novas Mídias e o Ensino em suas redes discursivas

 

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), através do Núcleo de Pesquisas em Linguagem, realizou em 03 de Abril a III Jornada Nacional Tecnologia, Novas Mídias e o Ensino em suas redes discursivas, evento científico que reuniu pesquisadores de diferentes instituições de ensino do Brasil voltados para a reflexão sobre as tecnologias de linguagem na relação com o ensino, com as novas mídias, com o digital, com a subjetividade, com as políticas públicas. A III Jornada assim abriu espaço para pensar as discursividades do digital no interior das relações sociais. Reflexão fundamental para compreender o funcionamento das tecnologias que afeta o sujeito contemporâneo. Tratou-se, portanto, de um evento importante para a reflexão sobre a produção do conhecimento que é atravessada pelo discurso eletrônico de diferentes maneiras. A Professora Cristiane Dias, do Laboratório de Estudos Urbanos da Unicamp, proferiu a conferência de abertura "Espaço mobilis: o sujeito e-", na qual discutiu a relação entre o digital, o ensino e a instituição. A Mesa Redonda foi composta pelos professores: João Massarolo (UFSCAR), que falou sobre cultura participativa na rede; Professora Paula Chiaretti (UNIVÁS), que apresentou uma análise sobre as novas mídias face à subjetividade; e Professora Maristela Cury Sarian (UNEMAT), que trouxe para o debate as práticas de ensino, atravessadas pelas políticas públicas, que se apropriam das novas tecnologias. Para encerrar a jornada, a Professora Ana Silvia Couto de Abreu (USFCAR), na conferência "Entre técnica e risco: o ensino e suas discursividades", falou sobre a não-neutralidade dos instrumentos no interior de metodologias de ensino situadas no campo político, mostrando que não é possível desvincular o objeto de ensino do processo sócio-histórico. III Jornada Nacional Tecnologia, Novas Mídias e o Ensino em suas redes discursivas contou ainda com a presença de graduandos, mestrandos, doutorandos e professores não só da Univás, mas de outras IES.

NUPEL realiza Aula Inaugural com a Profa. Dra. Eni Puccinelli Orlandi

 

O Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL) realizou, no dia 13 de março de 2014, no Salão de Eventos da UNIVÁS (unidade Fátima), a aula inaugural intitulada “Discurso Científico e Interpretação – uma questão para o cientista” com a Profa. Dra. Eni Puccinelli Orlandi. Participaram da mesa solene de abertura o Dr. Luiz Roberto Martins Rocha, Vice-Presidente da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí e Diretor da Univás Virtual, a Profa. Aparecida Mariosa, Vice-Reitora da Universidade do Vale do Sapucaí, e o Prof. Newton Guilherme Carrozza, Coordenador de Pesquisa da UNIVÁS (Unidade Fátima). Também prestigiaram o evento alunos e professores de diferentes departamentos da UNIVÁS, do Mestrado em Educação, assim como alunos e pesquisadores de diversas Instituições de Ensino Superior. Na ocasião, a Profa. Eni Orlandi falou sobre os modos de compreender a cientificidade face à interpretação, pela exposição do olhar do analista à opacidade do texto, segundo os princípios da Análise de Discurso. Mostrou a responsabilidade ética e política do analista diante do conhecimento e da interpretação. O evento, que se constitui também em um acontecimento histórico da UNIVÁS, marcou o primeiro ano de funcionamento do Doutorado em Ciências da Linguagem na UNIVÁS, que tem partilhado com a Comunidade Científica do Sul de Minas as atividades de formação, pesquisa e de extensão desenvolvidas e praticadas pelo PPGCL em âmbito regional, nacional e internacional.

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem recebe três novas bolsas da Fapemig

 

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem recebeu três (3) novas bolsas da Fapemig, sendo duas (2) delas para o curso de doutorado e uma (1) para o curso de mestrado. As novas bolsas são resultado do trabalho intenso e competente dos docentes e do rigor teórico-científico das pesquisas realizadas por nossos discentes que, conjuntamente, docentes e discentes, elevaram a nota do programa para 4 na avaliação da Capes. O PPGCL da Univás consolida-se cada vez mais como um programa de pós-graduação de excelência nacional.Em breve divulgaremos o edital de seleção dos novos bolsistas.

Professora do PPGCL participa como convidada do Colóquio Lingua(gem) e Memória, na Unemat

 

O Colóquio Lingua(gem) e Memória que ocorreu na Unemat (Universidade do Estado do Mato Grosso) em 11 e 13 de março contou com a presença da professora convidada M. Onice Payer do PPGCL-Univas. Este fórum foi promovido pelo Grupo de Pesquisa do CNPq "Cartografias da Linguagem", sob a liderança da Profa. Dra. Eliana de Almeida, que atua no Mestrado em Linguística da Unemat, e reuniu pesquisadores, docentes, mestrandos e graduandos desta universidade e da região para expor e discutir aspectos sobre a língua(gem) e a memória.A conferência Língua e processos de subjetivação, proferida pela Professora da Univas, tratou de questões de língua e ensino sobre as quais a pesquisadora vem refletindo e investigando, que envolvem processos de subjetivação em relação às línguas na história, tanto coletiva quanto individual, e os modos de identificação que se vão constituindo para com essas línguas, e as formas materiais que a elas remetem, os quais se formam nesses processos e desafiam atualmente um ensino que se queira sensível às questões da nossa história e seus sujeitos. Já na mesa redonda Memória da Língua e Estado foram discutidos pontos sobre o retorno (memória), na atualidade, de línguas apagadas e/ou não legitimadas na história brasileira, os seus efeitos na relação dos sujeitos com a linguagem e as implicações para o ensino de língua portuguesa.No espaço do Colóquio aconteceram também defesas de dissertações de Mestrado envolvendo aspectos da memória discursiva e da língua, das quais a Profa. Onice compôs as bancas.A de Thalita Sampaio, Línguas e Memórias: O Jogo Significante em Composições Musicais Brasileiras, trata de presença de elementos das línguas Francesa e Inglesa na sintaxe do português e seus efeitos, por memória, pela ausência de tradução, em canções da MPB.E a de Weverton Fernandes, que participou na Univas do Enelin 2013 entrando em contato com pesquisas aqui desenvolvidas. Seu trabalho, Efeitos e Memória: A Festa de Narrativas Vilabelenses, analisa a narrativa na peculiar dança do chorado, apresentação anual na cidade de Vila Bela, MT. A festa (re)atualiza sentidos de uma petição, “um chorado”, feito pelas “senhoras escravas” no período escravocrata, a fim de seduzir e persuadir os senhores (coronéis de terra e generais) a libertar os familiares delas presos e condenados à tortura.Estas discussões entre diferentes ambientes e pesquisadores mobilizam e alimentam as pesquisas bilateralmente, sendo portanto sempre produtivas por serem disparadoras de pensamentos no ambiente acadêmico.

Professora do PPGCL participa do Ciclo Interdisciplinar de Conferências em Sociedade, Cultura e Fronteiras, na Universidade do Oeste do Paraná

 

No dia 14/03/2014, a Profa. Dra. Débora Massmann (PPGCL) participou do Ciclo Interdisciplinar de Conferências em Sociedade, Cultura e Fronteiras, na Universidade do Oeste do Paraná, campus de Foz do Iguaçu. Na ocasião, a docente apresentou a conferência “Argumentação: sentido(s) e história de um conceito nas ciências humanas, tema que vem desenvolvendo em seu pós-doutoramento e que despertou o interesse do público composto por alunos e professores de graduação e de pós-graduação.Na mesma data, a Profa. Dra. Débora Massmann participou, como membro titular, da banca examinadora de dissertação de mestrado do aluno Cassiano Ricardo Galli, intitulada “A presença do Pathos nos discursos do ex-presidente Lula nas cúpulas do Mercosul”.

MESTRADO E DOUTORADO

Programa de Pós-Graduação

em Ciências da Linguagem